Dia Mundial da Filosofia na Biblioteca

Padrão

img_00011img_00032img_00062img_0007img_00091

Celebra-se hoje, dia 20 de Novembro de 2008, o Dia da Filosofia na biblioteca da Escola Secundária de Lousada, através da exposição de livros, frases e com a exposição de uma “árvore da sabedoria”.

 Este dia é uma ocasião para reflexão, permitindo promover e divulgar a filosofia, promotora do diálogo e do pensamento livre e independente. As celebrações deste acontecimento, preparadas pelos professores de Filosofia, terão lugar por toda a escola com música interpretada por vários alunos e leitura de textos e poemas filosóficos pelas salas de aula e espaços de convívio e de lazer.

Para acederes ao blogue de Filosofia clica aqui. Deixa tu, também, um comentário…

Anúncios

6 responses »

  1. As colegas de Filosofia estão de parabéns! O “Dia da Filosofia” não passou despercebido na nossa escola: desde a Biblioteca à sala de professores, passando pelas salas de aula e recreio, ele foi bem exaltado. As actividades foram muito interessantes, demonstrando empenho e muito bom gosto. Parabéns a todos.

  2. A filosofia tem o poder de permitir questionar o mundo, de questionar as mentes que teimam em não o fazer para se chegar a atitudes humanamente aceitáveis… Há quem se esqueça que na capacidade de questionar está a solução para muitas injustiças… Pensar, é preciso! É urgente que se reflicta sobre o que está mal nesta sociedade, que começa por nós, educadores e professores, por termos nas nossas mãos a “massa pensante” do futuro. Parabéns pela vossa iniciativa! De certeza, fizeram pensar muita gente!!!

  3. Parabéns pela iniciativa. A escola deve ser mesmo isto: um espaço de partilha de saberes, de afectos e de emoções!
    Um espaço onde as relações interpessoais ganhem cada vez mais terreno.
    Até à próxima!

  4. No Dia da Filosofia ouvi um silêncio tão profundo que não ouvia há já muito tempo!Foi muito interessante esse dia! Foi um dia em que não me saíu da cabeça o filme Ensaio Sobre a Cegueira e até sei porquê. Talvez porque “não ouvir” e “não ver” sejam, a meu ver, a mesma coisa! Fui apanhada de surpresa no meio daquele silêncio, disfarçado de música… principalmente nesta fase em que a minha voz parece ser fundamental num coro afinadíssimo de sopranos e baixos que grita sem parar, por tranquilidade, porque é preciso que se faça barulho, não é?! O meu coro grita sem parar, por silêncio… porque é preciso silêncio para andarmos bem, não é?!… Parece até irónico!…mas no meio daquele silêncio… pensei… em que estaremos todos a pensar? pensei… para onde estaremos todos a olhar? … pensei…estaremos realmente a ver? E depois daquele silêncio pensei… preciso urgentemente de silêncio para pensar… depois daquele silêncio pensei…preciso urgentemente de silêncio para ouvir…depois daquele silêncio pensei… preciso urgentemente de silêncio para ver… No final deste dia sinto algum alívio e até sei porquê… parece que passei muito tempo a pensar, muito tempo a ouvir, parece-me até que vi qualquer coisa…

    Obrigada,

  5. Muito grata a todas pelas palavras de reconhecimento e incentivo.Obrigada pelas palavras que nasceram desse “silêncio” que nos põe a pensar. É tão bom sentir isto… a partilha e os laços desse afecto que nos leva a secura dos dias …

    é este o sentido..

    Obrigada, Graça Lopes

  6. O “Dia da Filosofia” foi assinalado de forma notável. À noite, os alunos do recorrente também se juntaram às comemorações e, de forma, muito activa, dinamizaram uma actividade que todos apreciaram. Parabéns aos alunos e aos excelentes colegas de Filosofia.

    Cidália

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s