Category Archives: Actividades

Entrega de prémios do Concurso de Poesia da RBL

Padrão

No passado dia 24, pelas 18 horas, realizou-se a cerimónia de entrega de prémios do 1.º Concurso de Poesia organizado pela Rede de Bibliotecas de Lousada (RBL) e integrado nas atividades da Semana da Leitura 2017.

O nosso agrupamento venceu este concurso nos níveis dos 5.º, 6.º, 7.º e 10.º anos e os respetivos vencedores receberam os prémios na presença da Presidente da RBL, Dra. Adelaide Pacheco, e dos Srs. Diretores dos quatro Agrupamentos de Escolas do concelho de Lousada. O nosso Diretor fez-se representar pelo professor José António Teixeira, Assessor da Direção.

Foi um motivo de grande orgulho! PARABÉNS aos alunos vencedores!

 

 

Melhores leitores do 5.º, 6.º, 7.º e 10.º anos são do nosso Agrupamento!!!

Padrão

Eis os vencedores:

3º Ano – Rodrigo Miguel Costa, Agrupamento de Escolas Dr. Mário Fonseca

4º ano – Camila Torres, Agrupamento de Escolas de Lousada Este

5º ano – Duarte Rocha, Agrupamento de Escolas de Lousada

6º ano – Gabriela Ribeiro, Agrupamento de Escolas de Lousada

7º ano – Bárbara Lia Ferreira, Agrupamento de Escolas de Lousada

8º ano – Mariana Nunes Rocha, Agrupamento de Escolas de Lousada Oeste

9º ano – Cátia Silva, Agrupamento de Escolas de Lousada Este

10º ano – Carolina Monteiro, Agrupamento de Escolas de Lousada

11º ano – Ana Beatriz Queirós, Agrupamento de Escolas Dr. Mário Fonseca

12º ano – Bruna Raquel Alves, Agrupamento de Escolas de Lousada Oeste

Nas palavras da Coordenadora da RBL (Rede de Bibliotecas de Lousada), Dra. Adelaide Pacheco: “Foi uma experiência Magnífica! Parabéns a todos!…”

Seleção dos alunos * Concurso de Leitura de Poesia * RBL

Padrão
A Semana da Leitura, na edição deste ano 2017, convida as escolas a celebrarem a leitura com iniciativas de leitura que traduzam ambientes plurais que motivem a participação das crianças e dos alunos em atividades de leitura livres em contacto com outros jovens e adultos das comunidades educativas e com a população em geral, ilustrando o conceito «Ler prazer | Ler p’ra Ser».
in, http://www.planonacionaldeleitura.gov.pthttp://www.planonacionaldeleitura.gov.pt

Desta forma, e depois de apurados os alunos que representarão o Agrupamento de Escolas de Lousada na etapa final do 1.º Concurso de Leitura de Poesia que se realizará amanhã, 30 de março, pelas 14h30, na Biblioteca Municipal de Lousada, faz-se saber os seus nomes, turmas e estabelecimentos de ensino:
1.º ciclo
*3.º ano de escolaridade – Margarida Ferreira – EB1 de Boavista/Silvares

*4.º ano de escolaridade – Mariana Reis – EB1 de Pias


2.º ciclo
*Duarte Rocha, do 5.ºE – EBLC

*Gabriela Ribeiro, do 6.ºD – EBLC

3.º ciclo

*Bárbara Lia Bessa Ferreira, do 7.ºC – ESL
*Ana Beatriz Moreira Sampaio, do 8.ºA – ESL

*Cláudia Ribeiro, do 9.ºB – ESL

Secundário
*Carolina Monteiro, do 10.ºD – ESL

*Mariana Vieira, do 11.ºB – ESL
*Gustavo Magalhães, do 12.ºA – ESL

As professoras bibliotecárias agradecem a todos os alunos e todos os professores de Português e, sobretudo, aos Coordenadores de Estabelecimento que, connosco, aceitaram o desafio e tornaram esta etapa possível.

Parabéns a todos e um muito obrigada!

A leitura tem de ser um prazer!

Padrão
SEMANA DA LEITURA

É um gosto trabalhar com a professora Alice Póvoa e com o professor Alexandre Ribeiro…

Cada um de nós é único…
Querer que todos respondam de igual forma a estímulos semelhantes, como por exemplo, ler diariamente, é inconcebível, exatamente pela particularidade de cada ser humano.
Não há receitas para as escolas formarem leitores!
Se houvesse, a biblioteca da “nossa” escola era a biblioteca melhor do mundo!
Mesmo que os pais e os professores estimulem os alunos a ler, cada um deles precisa, primeiro, despertar para a leitura. E isso leva tempo!
E o que é isso de despertar para a leitura? O que leva um leitor a ser um leitor?
Não sei.
Para mim, isso é um enigma.
Mas, ao partilharmos o amor sincero pela leitura, estaremos a preparar o terreno para que outros leitores se comecem a desenvolver em potencial. Temos é que tentar e nunca desistir! …e nunca desistir!

Lousada, 28 de março de 2017

A Coordenadora da Biblioteca, Graça Maria Pinto Coelho

Concurso de Leitura de Poesia (II)

Padrão

Hoje, cumpriu-se nova maratona de leitura de poemas, mas desta vez na Biblioteca da Escola Básica de Lousada Centro, em que participaram os alunos do 2.º ciclo para o apuramento final do 1.º Concurso de Leitura de Poesia, dinamizado pela Rede de Bibliotecas de Lousada (RBL) e integrado nas atividades de comemoração da “Semana da Leitura’17”.

Na presença das Professoras Bibliotecárias, os alunos foram selecionados para representarem o nosso agrupamento  na etapa final, que vai realizar no dia 30 de março, pelas 14h30, na Biblioteca Municipal de Lousada.

Os nossos alunos estão de parabéns!

 

Saudemos a primavera, dona da vida…

Padrão

“A primavera chegará, mesmo que ninguém mais saiba seu nome, nem acredite no calendário, nem possua jardim para recebê-la. […]
Há bosques de rododendros que eram verdes e já estão todos cor-de-rosa, como os palácios de Jeipur. Vozes novas de passarinhos começam a ensaiar as árias tradicionais de sua nação. Pequenas borboletas brancas e amarelas apressam-se pelos ares, — e certamente conversam: mas tão baixinho que não se entende.
Oh! Primaveras distantes, depois do branco e deserto inverno, quando as amendoeiras inauguram suas flores, alegremente, e todos os olhos procuram pelo céu o primeiro raio de sol.
Esta é uma primavera diferente, com as matas intactas, as árvores cobertas de folhas, — e só os poetas, entre os humanos, sabem que uma Deusa chega, coroada de flores, com vestidos bordados de flores, com os braços carregados de flores, e vem dançar neste mundo cálido, de incessante luz.
Mas é certo que a primavera chega. É certo que a vida não se esquece, e a terra maternalmente se enfeita para as festas da sua perpetuação.
Algum dia, talvez, nada mais vai ser assim. Algum dia, talvez, os homens terão a primavera que desejarem, no momento que quiserem, independentes deste ritmo, desta ordem, deste movimento do céu. E os pássaros serão outros, com outros cantos e outros hábitos, — e os ouvidos que por acaso os ouvirem não terão nada mais com tudo aquilo que, outrora se entendeu e amou.
Enquanto há primavera, esta primavera natural, prestemos atenção ao sussurro dos passarinhos novos, que dão beijinhos para o ar azul. Escutemos estas vozes que andam nas árvores, caminhemos por estas estradas que ainda conservam seus sentimentos antigos: lentamente estão sendo tecidos os manacás roxos e brancos; e a eufórbia se vai tornando pulquérrima, em cada coroa vermelha que desdobra. Os casulos brancos das gardénias ainda estão sendo enrolados em redor do perfume. E flores agrestes acordam com suas roupas de chita multicor.

Tudo isto para brilhar um instante, apenas, para ser lançado ao vento, — por fidelidade à obscura semente, ao que vem, na rotação da eternidade. Saudemos a primavera, dona da vida — e efémera.”

Texto extraído do livro “Cecília Meireles – Obra em Prosa – Volume 1“, Editora Nova Fronteira – Rio de Janeiro, 1998, pág. 366.


Glossário:

rododendros – [Botânica] Nome dado a um grupo de árvores e arbustos que pertencem à família da urze;
manacáss.m.[Brasil] Arbusto solanáceo ornamental e medicinal. Frequente em jardins e parques, provoca um belo efeito, pois suas flores grandes, bastante perfumadas, variam de cor, clareando do roxo até o branco. É encontrado no Brasil e nas Antilhas;
eufórbia – s.f.(gr euphórbion) Bot. Gênero de plantas, tipo da família das Euforbiáceas, de aparência grandemente diversa, sendo algumas carnudas, semelhantes a cactos, outras folhosas e herbáceas ou arbustivas, mas todas com seiva leitosa e flores sem cálice.
pulquérrima – é o feminino de pulquérrimo. O mesmo que: formosíssima.