Category Archives: Actividades

Comemorar o “Dia Mundial do Ambiente” – (Amigos do Verde + Biblioteca da ESL)

Padrão
Hoje, dia 5 de junho, assinala-se o Dia Mundial do Ambiente
 
Apesar desta situação de confinamento a que todos estamos sujeitos, a Coordenadora da Biblioteca da Secundária e a Coordenadora do Clube “Amigos do Verde”, e no sentido de envolver todos os alunos de todos os níveis de escolaridade do Agrupamento em atividades didáticas (jogos didáticos, quizzes e passatempos – pegada ecológica, sustentabilidade…), organizaram diversas atividades que os levassem a tomar consciência sobre a importância dMeio Ambiente. 
 
Para os alunos do 3.º ciclo e secundário criaram:
1- jogo didático para ser aplicado a todas as turmas:

https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=FqljAaILWkanfd9swhHDG19oSln4KJhFikrJFHQL1a1UMUpVWVdOT0JXU0dCRktYVTZFOTg0UVk1UC4u

Para terem acesso em língua portuguesa, devem ir ao canto superior direito e selecionar…
_________________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________________
O tema do Dia Mundial do Meio Ambiente 2020 é a Biodiversidade. A campanha #HoraDaNatureza é um apelo à ação global para combater a crescente perda de espécies e a degradação ambiental, além de chamar a atenção para a relação entre a saúde humana e a saúde do planeta.

Dia Mundial do Ambiente – 5 junho

Padrão

O Dia Mundial do Ambiente é celebrado todos os anos a 5 de junho. É um evento anual que tem como objetivo alertar as populações e os governos para a necessidade de proteção e preservação do ambiente.

O dia 5 de junho foi escolhido para festejar a data, pois marca o dia em que teve início a 1.a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente, que se realizou em 1972, em Estocolmo, na Suécia.

AS CRIANÇAS E O AMBIENTE

Fechar a torneira enquanto se lavam os dentes, não deitar lixo no chão, cuidar dos animais, das plantas e jardins são atitudes simples e presentes na rotina de muitas famílias.

Quanto mais cedo este tema for abordado com as crianças, maiores são as possibilidades de lhes despertar a consciência pela preservação.

Sensibilizar as crianças para a preservação do meio ambiente requer técnicas e atividades que despertem a curiosidade, a criatividade e interação, levando a uma aprendizagem divertida e descontraída.

Dinâmicas e atividades que requerem a união das crianças para encontrar soluções para problemas ambientais — como limpar praias ou separar o lixo — ou mesmo jogos individuais que estimulem a atenção neste sentido são muito úteis no processo de sensibilizar as crianças para a necessidade de preservação do meio ambiente.

Visitar lugares que protejam a vida selvagem, como parques nacionais, reservas ecológicas ou jardins zoológicos, pode contribuir para aumentar a consciência para a necessidade de conservar animais e lugares selvagens.

Outra atividade muito acessível às famílias e às escolas é promover o conceito dos 3 R:

  • reduzir: incentivar a redução da compra e uso de produtos e serviços que não são extremamente necessários;
  • reutilizar: estimular a reutilização de materiais que já foram usados, como garrafas de plástico para guardar lápis, caixotes de madeira para guardar brinquedos ou o verso das folhas como rascunho;
  • reciclar: separar e armazenar corretamente todos os resíduos produzidos, para assim promover a sua reciclagem, criando e utilizando ecopontos na sala de aula.

O desenvolvimento da temática ambiental junto das crianças desde o ensino pré-escolar trará inúmeros benefícios também para os pais, para a comunidade em geral e para todo o planeta.

Leia o artigo completo em: https://www.portoeditora.pt/espacoprofessor/paginas-especiais/educacao-pre-escolar/opiniao-pre/dia-mundial-do-ambiente/

Ebook da DGS – “Medidas Gerais de Prevenção e Controlo da COVID”

Padrão

A DGS publicou em ebook o 1.º volume do manual de “Saúde e Atividades Diárias” com o título: “Medidas Gerais de Prevenção e Controlo da COVID-19”.

O manual será dividido numa série de volumes temáticos com recomendações a adotar. Para além deste manual sobre “Medidas Gerais de Prevenção e Controlo da COVID-19” serão publicados vários volumes temáticos com recomendações a adotar em diferentes contextos.

O primeiro volume, em PDF, está dividido em dois capítulos:
1.º capítulo “Características da doença” – resumem-se as características da doença e do vírus, com enfoque naquelas que permitem justificar e perceber os comportamentos e medidas preventivas que devem ser adotados pelas pessoas.
2.º capítulo “Medidas Preventivas” – descreve os gestos e procedimentos que devem ser incutidos na rotina diária de todas as pessoas, independentemente da sua idade, género ou profissão. Este capítulo deve ser lido por todos e as recomendações nele elencadas são transversais a qualquer contexto, local ou situação em que a pessoa possa estar.

Descarregue aqui: Manual Covid-19 DGS »»»»»

“Pelo sim, pelo não, vou regando também as plantas falsas”

Padrão

Partindo duma proposta do professor de Desenho, Luís Melo, a Maria Gonçalves do 11.ºH escreveu…

Sou um jardim.

Preciso de sol, água, tempo.

Floresço e murcho, ninguém consegue ser algo que não é para sempre.

Assim como as estações, venho e vou.

Dedico-me a todas as minhas flores, independentemente da cor, forma, cheiro.

Talvez me esqueça de uma ou outra, ou talvez as ignore e trate isso como esquecimento.

É realmente difícil permanecer forte enquanto se espera pela primavera.

É verdadeiramente esgotante continuar erguida quando não há sol.

Por isso de vez em quando tenho que fingir, já que nem todas as flores rebentam no inverno.

Muitos outros jardins como eu fazem o mesmo, o mundo perde a sua natureza.

As incertezas crescem, não me deixando ver o dia.

Ficar assim no escuro deixa-me insegura.

Nunca sei com quais jardins posso partilhar o meu adubo.

Mas a escuridão não dura para sempre.

Como a primavera, a luz volta, e a esperança prevalece.

Tudo na vida é uma espada de duas pontas, cinquenta cinquenta.

Quem sabe – coisas boas poderão sempre vir na nossa direção quando menos esperamos.

Por isso, “pelo sim, pelo não, vou regando também as plantas falsas”.

 

 

Análise:

– novamente, acredito que a obra só toma todo o seu sentido quando acompanhada do texto;

– todo o texto é obviamente alegórico, utilizando as flores como principal objeto; estas são representativas das emoções, sentimentos, facetas do ser, podendo por vezes serem fingidas pelos mais diversos motivos;

– embora comece num tom negativo, a obra tem uma intenção mais positiva, revelando que nos devemos manter esperançosos mesmo quando enfrentamos grandes adversidades, quer estas sejam conflitos com o meio ou com o ser;

– a frase realmente mexeu comigo porque, embora este talvez não seja o seu verdadeiro motivo, acho que se adequa à situação pela qual todos estamos a passar – angústia, fragilidade, incerteza; é difícil manter a cabeça erguida, mas devemos sempre guardar um pedaço de esperança dentro de nós.

 

Maria Gonçalves, nº18 11ºH

 

O poder da palavra… desenho – 10.º | 11.º anos

Padrão
Os alunos do 10.º e do 11.º ano de Artes, do professor de Desenho, Luís Melo, receberam uma proposta de trabalho, cuja metodologia partiu do poder da palavra.
Mesmo em época de pandemia, a palavra tem um poder enorme!

O professor sugeriu estas expressões|frases aos alunos…

… e eles criaram estes desenhos fabulosos.

Trabalhos notáveis… Os alunos estão de PARABÉNS!

ASTÉRIX – BDs, jogos e atividades em PDF

Padrão

Na aldeia de Astérix como em todo o lado, a palavra de ordem é clara: fique em casa para vencer o vírus e proteger os mais vulneráveis! Mas isso não vai impedir que os nossos gauleses preferidos, decididamente irredutíveis à morosidade, se divirtam e divirtam os seus leitores!

Foi por isso que os nossos druidas engendraram uma revista semanal inédita para alegrar os seus dias: Irredutíveis com Astérix! Em perspetiva: atividades, jogos e BD’s de Astérix para toda a família!

Não podendo encontrar-se com os seus amigos de todo o Mundo Conhecido, eles próprios confinados nas suas respetivas aldeias, vai ver que Astérix troca com eles, através de pombos-correio, mensagens de amizade. Ao longo das páginas desta revista vai descobrir a mensagem de Falbala para Obélix, mas também ter notícias de Pepe, o pequeno ibero, Númerobis, o egípcio, ou ainda de Jolitorax, o bretão, ou Suicinhix, o helvécio, o que lhe mostrará que o confinamento, seja na Torre de Londres seja num cofre de banco, pode até ser uma bela oportunidade para continuar a deixar os romanos loucos!

Assim sendo, faça como Astérix: fique em casa, obtenha notícias dos seus e conte com Astérix e Obélix para dar uma ensaboadela aos vírus!

BD | JOGOS | ATIVIDADES

Fonte: http://www.universohq.com/