Category Archives: Apresentação de livro

Escritora Pat R apresenta livro para alunos de Artes e de Literatura

Padrão

A escritora Pat R (Patrícia Ribeiro) apresentou o seu último livro “Os homens nunca saberão nada disto” para os alunos do ensino secundário de Artes Visuais  e de Literatura.

Numa ejaculação, há entre 200 a 400 milhões de espermatozóides. Primavera de 1969: Ian, um guitarrista imerso no ocultismo e nas canções dos Led Zeppelin, está destroçado porque foi abandonado pela sua namorada. Numa rotina cinzenta e solitária, conhece Jeannette, uma sonhadora fascinada pelas línguas mortas.

   Ler+ aqui»»»»»»

Anúncios

Pat R apresenta livro na Secundária

Padrão

Pat R (nome artístico de Patrícia Ribeiro), nasceu a 1/09/93, é uma autora portuguesa, natural de Évora que tem desenvolvido um gosto particular pela música, cinema, fotografia e literatura. Estudou Estudos Artísticos, Publicidade e Marketing e Cinema (na Escola Superior de Teatro e Cinema) e, em 2014, decidiu dedicar-se exclusivamente à escrita. Publicou nesse ano a sua primeira novela Inércia. Depois disto, dedicou-se a tempo inteiro à pesquisa e produção do projeto “Os Homens Nunca Saberão Nada Disto”, que viria a ser o seu primeiro romance. Em fevereiro de 2015, publicou O Pijama da Gata, a sua segunda novela, que já estaria escrita há alguns anos. 

Em Dezembro de 2015, publicou Os Homens Nunca Saberão Nada Disto, o primeiro resultado do investimento exclusivo na sua carreira literária. O romance tem sido apresentado pelo país, com uma excelente receção nas bibliotecas das escolas por onde tem passadoDesde 2016, tem colaborado com diferentes ilustradores numa plataforma de contos lançada online no seu website e colaborado na escrita de guiões, workshops de escrita/ilustração, enquanto trabalha num novo projeto literário. 

Amanhã, dia 23 de novembro, estará no Auditório da Escola Secundária.

VII Jornadas da RBL: “Património, memórias de nós”

Padrão

“Património   memórias de nós”

Decorreu, nos passados dias 26 e 27 – sexta e sábado – no Auditório Municipal de Lousada, a 7.ª edição das Jornadas da Rede de Bibliotecas de Lousada. Na sessão de abertura, e na presença da Dra. Teresa Calçada e do Presidente da Câmara, foi feita a assinatura do Acordo de Parceria entre o Plano de Leitura 2027 e o Município de Lousada.

O final da manhã contou com a apresentação de um excerto do espetáculo Fado, pela Jangada teatro.
Durante a tarde houve uma sessão de formação com Lurdes Mata, a que se seguiu o tema “Gastronomia também é Património” com a jornalista Teresa Conceição.
No final da tarde do primeiro dia de trabalhos foram conhecidas as Boas Práticas em Rede.

O nosso Agrupamento apresentou um painel sobre o tema: Património literário e arquitectónico, desenvolvido ao longo dos últimos dois anos letivos nas sete escolas, a partir do referencial “Aprender com a Biblioteca Escolar”, em que estiveram presentes a coordenadora da biblioteca do nosso agrupamento, Graça Coelho, e a professora bibliotecária Emília Oliveira. Nesse painel as bibliotecárias apresentaram os dois livros quase publicados: um, uma antologia de textos dos alunos vencedores nos 11 anos consecutivos do Concurso Álvaro Feijó, e outro, “O que as pedras nos contam”, resultado de uma parceria com o Serviço Educativo da Rota do Românico, ali também representado pelo Dr. Joaquim Costa, seu Técnico Superior.

No segundo dia a abertura dos trabalhos esteve a cargo de  Deana Barroqueiro e o tema “Lousada, o Românico e a História”. No final da manhã, Rui Vieira Nery falou sobre “A música enquanto reinvenção do Património”.

De tarde abordou-se o tema “As Manualidades enquanto Património”, com Susana Sauvarin e Francisco Laranjo, e “Como se protege um Património como a Língua” que contou com as intervenções de Edite Estrela e Nuno Camarneiro.

O final dos trabalhos teve a atuação do Rancho Folclórico da Associação Cultural e Recreativa Senhora Aparecida.

José Milhazes esteve na secundária!

Padrão

José Milhazes na Secundária de LousadaA Revolução de Outubro mudou não só a Rússia como todo o mundo. Olhar para o passado e pensá-lo é um exercício que se impõe, de forma a tentarmos compreender um dos principais acontecimentos do século XX – a Revolução Russa.

A convite da professora bibliotecária, Graça Coelho, o  jornalista e historiador, professor José Milhazes, esteve ontem, dia 15, pelas 11:45h, na biblioteca da Secundária de Lousada, no âmbito da disciplina de História do 12.º ano, para conversar com os alunos sobre “os 100 anos da Revolução Russa”.

Perante uma plateia atenta de cerca de 75 alunos e professores, José Milhazes, natural da Póvoa de Varzim, conversou com os presentes sobre a sua vida desde 1977, data em que decidiu ir residir na então União Soviética, onde se formou em História. Foi um dos poucos jornalistas ocidentais a assistir à queda da URSS e do Muro de Berlim. Conversou sobre a revolução, o czar Nicolau II, os bolcheviques, os trotskistas, Lenine e os anos terríveis que se seguiram à mesma revolução.

Um dia para não esquecermos!

 

José Milhazes na biblioteca da secundária

Imagem

José Milhazes, o homem que melhor conhece a Rússia, vai estar “à conversa” com os alunos do 12.º ano do curso de Humanidades na biblioteca da Escola Secundária, no dia 15 de fevereiro (quinta-feira), por volta das 11:45 horas. Professor, correspondente e jornalista durante 16 anos, locutor da rádio e escritor de mais de 10 livros… irá falar com os alunos sobre os 100 anos da Revolução Russa.

III Concurso Literário “Ler Lousada”

Padrão

A prática regular de atividades como a leitura e escrita é um fator primordial para o bom desenvolvimento intelectual das crianças e dos jovens, ao estimular a sua imaginação e criatividade, potenciando a aquisição de competências e de valores de cidadania.

Consciente da sua responsabilidade para com as gerações mais jovens e da importância que os livros têm, apesar do cada vez mais frequente uso das tecnologias, a Câmara Municipal de Lousada editou, este ano, os seguintes livros abaixo indicados:

1. “Cartas à Minha Terra”, de José Fanha, destinado a todos os alunos do 4º ano do concelho;

III Concurso Literário 4º ano – Regras | Ficha de Inscrição – 4º ano

2. “A Incrível História dos Bacalhaus Voadores”, escrito por António Torrado, para todos os alunos do 6º. ano do concelho;

III Concurso Literário 6º ano – Regras | Ficha de Inscrição – 6º ano

3. “AGÁ – A Cura”, de Vítor Oliveira, para todos os alunos do 9º ano do concelho.

III Concurso Literário 9º ano – Regras | Ficha de Inscrição – 9º ano

Estas 3 obras serão o ponto de partida para este III Concurso Literário Ler Lousada.

As entidades promotoras deste concurso são a Câmara Municipal de Lousada e a Rede de Bibliotecas de Lousada.

Apresentação do livro “Histórias da Ajudaris’17”

Padrão

Foto de “Família” – Ajudaris’17 – Agrupamento de Escolas de Lousada e Lousada Este

O Auditório Municipal de Lousada hoje esteve lotado para acolher a Festa de Lançamento do livro “Histórias Ajudaris 2017”, um evento promovido pela equipa da Biblioteca do nosso Agrupamento, pela Autarquia e com o apoio do Conservatório de Música do Vale do Sousa. O projeto “Histórias da Ajudaris”, criado em 2009, é um dos mais inovadores e emblemáticos da Ajudaris, pois promove a leitura, a escrita, a arte e a solidariedade.

O nosso agrupamento contou com as crianças|alunos autores dos Jardins de Infância  e das Escolas Básicas de Boavista/Silvares, Boim, Ordem e Pias, que com a orientação dos seus educadores|professores, se tornaram verdadeiros escritores de histórias de encantar, sobre tema da FAMÍLIA. Este ano, para além do contributo por parte dos alunos, as histórias escritas e agora publicadas no Volume I, foram ilustradas pelo professor, também solidário, Alexandre Ribeiro e quatro dos seus alunos de Artes Visuais do 10.º e do 12.º ano. A receita destes livros reverterá para ajudar crianças e famílias carenciadas.

Este lançamento contou com a presença dos jovens autores e das suas famílias, da Diretora da Ajudaris, Dr. Rosa Vilas Boas, do Sr. Vereador da Educação do Município de Lousada, Professor António Augusto Silva, bem como com os diretores dos Agrupamentos de Escolas de Lousada e de Lousada Este, professores Filipe Plácido e Orlando Silva.

Marcou presença neste evento duas extraordinárias apresentações musicais de um sexteto de jazz, composto por alunos do Conservatório de Música do Vale do Sousa que interpretaram uma versão de “O João tinha uma bola” e “All of me“, de Marks and Simons. Foram proporcionados excelentes momentos de partilha de afetos entre os alunos|autores, famílias e professores, sobretudo pelo enorme entusiasmo com que os pequenos alunos leram algumas das suas histórias.

De seguida, deu-se o ponto alto da festa com os alunos|autores a subirem ao palco com as suas professoras,  para receberem o merecido louvor, o certificado de colaboração, com imensos aplausos.

O final da festa foi registado com uma fotografia de conjunto e muita satisfação.