Category Archives: Palestra

1.º dia das VI Jornadas da Rede de Bibliotecas de Lousada

Galeria

VI Jornadas Pedagógicas da RBL

Padrão

A Biblioteca Global a cuidar do Ambiente LocalClica no cartaz  »»»»»»»

V Jornadas Pedagógicas da RBL (2.º dia)

Padrão

Hoje decorreu o segundo (e último) dia das V Jornadas Pedagógicas da RBL

“Falemos de Poesia!”

Os participantes destas Jornadas, que decorreram no Auditório Municipal de Lousada, hoje puderam contar com a escritora de livros infantis Adélia Carvalho e com José Pires, que conversaram sobre a importância dos “Trava-línguas” para a aprendizagem da poesia. De seguida, José Mário Silva, no 2.º painel, abordou o tema, algo controverso, “Os poetas sem qualidades”. Sob o tema “Olhando os clássicos”, a plateia escutou uma conversa entre Frederico Lourenço, professor, ensaísta e escritor, também conhecido por ter traduzido em verso, do grego, a Odisseia, de Homero e, Jaime Rocha, dramaturgo, ficcionista e poeta, pseudónimo literário do jornalista Rui Ferreira e Sousa.

“A Poesia do Séc. XXI” foi o tema que Carlos Tê e Daniel Jonas abordaram. Inês Fonseca Santos e Álvaro Magalhães fizeram uma “Evocação a Manuel António Pina”.

Para finalizar este certame, o escritor Fernando Dacosta conversou sobre a sua mais recente obra, publicada em 2013, “O Botequim da Liberdade”, recordando o Bar Botequim, no largo da Graça, em Lisboa, nos tempos em que era dirigido pela poetisa Natália Correia, com quem privou de perto, destacando a sua forte personalidade.

Os presentes não regressaram às suas casas, sem antes verem encerradas estas V Jornadas Pedagógicas da RBL com um entusiasmante  “cantar ao desafio”, acompanhado à concertina.

Rómulo Vasco da Gama de Carvalho foi hoje homenageado!

Padrão

romulo-carvalho

Se Rómulo Vasco da Gama de Carvalho tivesse visitado a Escola Secundária de Lousada hoje, com certeza teria ficado muito satisfeito. Alguns professores dedicaram-lhe o dia, a ele e a todos os alunos. Portanto, este dia é para ti, aluno do ensino básico desta escola. Para ti, mas também para ele, Rómulo de Carvalho, ou António Gedeão. Tanto faz!

Obrigada professores Diogo e Toni. Obrigada professoras Ana Maria, Margarida, professoras Ana Paula e Manuela, do Clube da Ciência Divertida. Obrigada professores Paulo, Gonçalo e Deolinda. Obrigada professoras Alice, Graça, Graça e Graça. Tanta Graça junta! Obrigada professores Alexandre, José Carlos, Susana, Isabel e Sandra. Obrigada Mário Eusébio, do Bonsai Club do Porto. Um obrigada muito especial à professora Carla! Obrigada a tantos outros professores que hoje ofereceram as suas aulas e conduziram os seus meninos e meninas pelos ateliês, salas, laboratórios abertos, observação de aves, construção de caixas-ninho, demonstrações, palestra e Museu da Geologia, mostrando-lhes o que ia acontecendo pela escola.

Passam agora, quase… quase 100 anos sobre a data do seu nascimento. 24 de novembro de 1906. Entre o seu primeiro e último nome ficam outros dois igualmente sugestivos: Vasco da Gama, que também foi um Homem de “descobertas”. Nas palavras como na simplificação da ciência, marcou um século. Ao ponto de ter visto, ainda em vida, o dia do seu aniversário ser instituído como Dia Nacional da Cultura Científica. Aqui na Secundária, de há uns anos para cá, decidimos adicionar-lhe: & Tecnológica. Passam agora, quase… quase 100 anos sobre o nascimento de um poeta, historiador das ciências, escritor, pedagogo, investigador, fotógrafo…

O nome, António, foi por si escolhido para pseudónimo literário, o mesmo nome de um tio de quem muito gostava. Juntou-lhe o nome de um aluno a que achou muita piada. Foi um visionário!

Era um leitor compulsivo que captava o que de mais interessante encontrava. A partir daí, produzia a sua obra. Fazia as suas próprias encadernações, onde guardava, para além das suas notas, recordações, como penas de pássaro e fotografias. Colocava, religiosamente, os seus documentos em caixinhas de madeira, que construía, tal como a mobília do seu escritório. Gostaria de ter sido marceneiro!… Achava que a Ciência devia ser para a gente nova.

Obrigada. Muito obrigada professor Rómulo de Carvalho!

Palestra sobre os anfíbios

Padrão

Este slideshow necessita de JavaScript.

Decorreu hoje, Dia da Floresta, uma palestra pelo Dr. Aires Lemos Pires, integrada na Semana da Água, no mini-auditório da escola, sobre o papel dos anfíbios na proteção da agricultura. Esta iniciativa esteve a cargo da professora Ana Maria Ferreira, de Ciências Naturais e Coordenadora do Clube “Os Amigos do Verde”.

Convida-se, também, toda a comunidade escolar a visitar a exposição fotográfica da  autoria do  orador, durante esta semana, e de enorme qualidade, no átrio da escola.