Category Archives: PNL

Apresentado o novo Plano Nacional de Leitura

Padrão

                  RTP

Está apresentado o novo Plano Nacional de Leitura. Foi pensado para a próxima década. E também para os adultos, não apenas para crianças e jovens. O primeiro-ministro esteve nesta apresentação, no Porto, e disse que só com mais leitores se consegue uma cidadania mais ativa.

Ler mais >>

Conteúdo relacionado:

Anúncios

PNL. As listas de obras recomendadas.

Padrão
19758182_nesl0

PNL. As listas de obras recomendadas para 2016/2017

 

 

Consultar todas as listas aqui»»

Para o ano letivo 2016/2017, as listas de obras recomendadas pelo Plano Nacional de Leitura foram atualizadas, conforme tem acontecido todos os anos. Mais uma vez, incluíram-se obras de autores portugueses e estrangeiros para os diferentes anos de escolaridade, formação de adultos, apoio a projetos em diferentes áreas, correspondentes a diferentes graus de dificuldade, procurando assim facilitar aos professores e aos educadores a escolha das obras mais adequadas aos seus alunos. (…)

Ler mais aqui >>

Alexandre Parafita lança último livro!

Padrão
O escritor Alexandre Parafita esteve no Agrupamento de Escolas de Lousada

O escritor Alexandre Parafita esteve no Agrupamento de Escolas de Lousada

A convite do Diretor, Dr. Filipe Silva, o escritor Alexandre Parafita esteve hoje no nosso Agrupamento para apresentar o seu último livro “Uma andorinha no alpendre”. Pelas 9H, na biblioteca da Escola Secundária, foi recebido pelos alunos do 3.º e 4.º anos. Pelas 11H, no Polivalente da Escola Básica Lousada Centro, pelos alunos do 5.º e 6.º anos.

Publicado pelas edições “Livro Directo” e com ilustrações de Marta Santos, Uma andorinha no alpendre narra “a aventura de meninos heróis que lutam em defesa do ambiente e da biodiversidade, transportando os pequenos leitores pelas paisagens do Douro na descoberta e denúncia de alguns dos atos humanos que mais ameaçam o ecossistema e a sobrevivência dos seres que nele habitam.”

Segundo o autor, “há convites que são diamantes!”

 

IV Jornadas da Rede de Bibliotecas de Lousada

Padrão

O Centro de Formação de Associação de Escolas Sousa Nascente, em parceria com a Câmara Municipal de Lousada (Biblioteca Municipal) e os responsáveis pelas Bibliotecas Escolares dos Agrupamentos de Lousada realizaram mais umas jornadas, desta vez sob o tema “Escrita Humorística”, no Auditório Municipal, nos dias 23 e 24 de outubro.

Na sexta-feira, o encontro teve início com a sessão de abertura, na qual intervieram o Presidente da Câmara Municipal de Lousada, o Dr. António Nogueira, do Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares e o Prof. Dr. Fernando Pinto do Amaral, Comissário do Plano Nacional de Leitura, seguida do painel “Conversa de vida”, em que o escritor convidado foi Mário de Carvalho. Seguiram-se as intervenções de Luís Afonso e Rui Cardoso Martins para responderem à questão “Será que há um humor português?”. O primeiro dia de jornadas encerrou com Leonor Riscado e Isabel Machado, professora de Português do Agrupamento de Escolas de Lousada Este, que debateram as “Boas práticas em Rede”.

No sábado, os trabalhos começaram com a conversa entre José de Pina e Luís Filipe Borges sobre “O português ri de quê?”. Depois, “Falar a sério a rir” foi o tema da intervenção de Ana Saldanha e Onofre Varela. Fernando Alvim e Joana Marques falaram sobre “O humor é uma questão de tempo” e Ana Markl e Maria do Céu Machado fizeram uma reflexão muito interessante sobre “Ter graça ou ser engraçado”, a propósito do tema o Humor na adolescência.
A conferência de encerramento destas jornadas foi da responsabilidade de Francisco José Viegas, não sem antes ter atuado o grupo do Jangada Teatro.

A biblioteca adquiriu 8 exemplares de “Memorial do Convento”

Padrão

A biblioteca adquiriu mais 8 exemplares da obra de estudo integral, na disciplina de português do 12.º ano, “Memorial do Convento”,de José Saramago.

Já há dois anos que D. João V está casado com D. Maria e até agora ela ainda não engravidou. A rainha reza novenas e, duas vezes por semana, recebe o rei nos seus aposentos. Quando ambos se casaram, o rei dormia com a rainha todos os dias, mas devido ao cobertor de penas que ela trouxe da Áustria e porque com o passar do tempo, os odores de ambos faziam com que o cobertor ficasse com um cheiro insuportável, o rei deixou de dormir com a rainha…  ler mais»»»