Tag Archives: Artes

Convite|Festa de lançamento do livro AJUDARIS’17

Padrão

A festa de lançamento do livro “Histórias da Ajudaris’17”, realizar-se-á no próximo dia 17 de janeiro [quarta-feira], pelas 18 horas no Auditório Municipal de Lousada.

Este evento é uma iniciativa de incentivo à leitura, à escrita e à solidariedade e é promovido pela associação Ajudaris. Foi dinamizado no nosso agrupamento ​pela equipa da Biblioteca, pelas educadoras do ensino pré-escolar e pelos professores do 1.º ciclo das EB do nosso Agrupamento que incentivaram as crianças e os jovens a escreverem histórias que depois​ foram ilustradas por alunos do 11.º e do 12.ºI [de Artes Visuais] e também pelo próprio professor de Desenho da Escola Secundária, Alexandre Ribeiro.

O valor do livro é de 5€ e reverte a favor de crianças e famílias carenciadas do país.

Tem o apoio da Autarquia e do Conservatório de Música do Vale do Sousa.

O Agrupamento de Escolas de Lousada é um Agrupamento verdadeiramente solidário!

Anúncios

Celebrou-se hoje o Dia da Cultura Científica e Tecnológica na secundária

Padrão

Celebrou-se ontem e hoje o Dia Nacional da Cultura Científica & Tecnológica na Escola Secundária, em que se abriram as portas às crianças do pré-escolar, do 1.º, 2.º e 3.º ciclos e do secundário, para lhes proporcionar oportunidades de observação científica e de contacto pessoal com técnicos e professores de diferentes áreas do conhecimento.

As coordenadoras da biblioteca e das atividades e projetos, em articulação com os departamentos e os clubes preparam um conjunto de atividades dedicadas à Química, às Ciências Naturais, à Matemática, à Robótica e à Informática e, ainda, a Associação Bioliving, onde aprender ciência e tecnologia foi uma diversão.

Debates e palestras sobre “A Floresta autóctone” e “A Floresta Amazónica”, laboratórios abertos, visitas ao “Museu de Geologia da Secundária”, workshops intitulados “BioNatal” e “Herbários” foram o mote para colocar os alunos de todas as escolas do agrupamento em contacto com as ciências e as tecnologias.

AUTORRETRATO dos alunos do 12.ºF

Galeria

“comemorar abril”

Imagem

Cartaz_25abril_2015

“comemorar abril” pretende ser a confluência de vontades articuladas, em que desde os mais pequeninos aos mais velhos, alunos e professores, salvem e enalteçam os valores da liberdade e da democracia que abril representa, como garantia de construção de um país moderno, livre e democrático.

A comemoração dos 41 anos do 25 de abril de 74, na Escola Secundária, realizar-se-á na próxima sexta-feira pelas 14h30 e incluirá diversas atividades que envolverão os meninos do Pré-escolar e do 1.º ciclo de todas as EB deste Agrupamento, os do 12.ºF, da Associação de Estudantes, a Biblioteca Escolar, a Coordenadora das Atividades e a Rádio Escola da  Secundária e, ainda, todos os alunos, professores e comunidade educativa que se queiram associar.

Destacamos a simbólica instalação de cravos, confecionados pelos alunos, numa rede colocada no exterior da escola, pinturas faciais, colorir imagens alusivas à Revolução dos Cravos.

Pelas 15H10 poder-se-á assistir a um concerto, em que os alunos do 3º e 4º anos da EB de Pias, sob a orientação do professor Sérgio Ferraz, apresentam uma rapsódia (medley) de temas de Zeca Afonso, no âmbito da área curricular de Expressão Musical.

Como produto final do “comemorar abril”, os alunos do 12.ºF e a professora da disciplina de Antropologia, Graça Solha, propõem-se realizar um filme.

PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS

Esta grandecomemoração do 25 de abril” ainda contará com a participação dos professores Paulo Monteiro, Coordenador do CQEP, Ana Sofia Silva, Diretora do curso profissional de Multimédia e Hélia Fernandes do curso profissional de Restauração (cozinha e pastelaria). Esta última, confecionará um bolo em forma de Bandeira Nacional, de tamanho XXL, para que todas os nossos alunos possam saborear o paladar da Democracia. Segundo Susan Sontag, A inteligência é uma espécie de paladar que nos dá a capacidade de saborear ideias.

 

 

Comemoração dos Direitos Humanos

Padrão

“Compreendam que ao lutar pelo impossível, uma pessoa começa a torná-lo possível.” Oscar Arias Sánchez, laureado com o Prémio Nobel da Paz, em 1987, por levar a paz à América Central.

Os professores do 12.ºF, Graça Solha (Antropologia) e Paulo Matos (Oficina das Artes) realizaram com os alunos, no dia 10 de dezembro de manhã na entrada da Escola Secundária, duas atividades simbólicas, no âmbito da comemoração do Dia Internacional dos Direitos Humanos:

1. a realização de um pequeno filme sobre a temática;

2. a representação de “estátuas vivas” simbolizando alguns direitos do homem.

A biblioteca realizou, também, uma exposição de 30 pósteres, um para cada direito humano, reforçando a sua mensagem com imagens alusivas.

Exposição de esculturas dos alunos do 12.I

Padrão

A biblioteca da Escola Secundária expõe esculturas dos alunos de Artes (12.ºI), realizadas nas aula de Oficina das Artes, com o professor Paulo Matos, a partir da transformação de de obras de pintura bidimensionais.

Álvaro Feijó homenageado com dois concursos!

Padrão
7ConcursoLiterário2014Cartaz 2º Concurso IlustraçãoAF 2014

Clique para aceder aos respetivos regulamentos.

REGULAMENTO 7.º Concurso Literário 2014

REGULAMENTO 2º Concurso Ilustração 2014

Porquê os concursos Literário e de Ilustração?

Mais do que um espaço e um conjunto de recursos bem organizados, a biblioteca escolar deve assumir-se como uma estrutura educativa de aprendizagem e de construção de conhecimento. A biblioteca da escola constitui uma organização transversal à escola e ao currículo. Cada vez é mais frequente relacionarem-se boas bibliotecas com melhoria de aprendizagens e qualidade da educação.

Há 7 anos consecutivos que a equipa da biblioteca da Escola Secundária deste agrupamento, com a colaboração dos professores de Português, tem vindo a implementar esta iniciativa, pois pretendeu, desde o início, fomentar o gosto pela leitura, estimular o espírito de iniciativa, desenvolver e incentivar a escrita criativa, divulgando uma figura importante no meio literário do século XX, intimamente ligado às terras de Lousada e cujo 98.º aniversário do seu nascimento se comemora neste ano, bem como o que de bom se escreve nas nossas escolas.

Desde o ano passado, estes concursos foram alargados a todos os alunos de todas as escolas do concelho.

De entre os critérios a avaliar pelo júri do concurso literário estão, nomeadamente, a qualidade literária e a criatividade, a correção linguística e a organização e a coerência do texto. Este ano, apostou-se num tema de um poema de Álvaro Feijó que estivesse também relacionado com o tema da Semana da Leitura: “A LÍNGUA PORTUGUESA”.

Também por acreditarmos que a expressão artística contribui, fortemente, para fomentar o interesse por crescer, aprender, descobrir e sonhar, desde o ano passado, e com o apoio do professor Alexandre Ribeiro, de Artes Visuais, a equipa da biblioteca resolveu organizar – integrado no Projeto Montepio intitulado COM.PENSAR.TE –  o Concurso de Ilustração.

Serão objetivos destes concursos: valorizar a criatividade e o imaginário, incentivar o desenvolvimento de competências de leitura e de escrita e fomentar  práticas da expressão artística, tendo este poema como ponto de partida:

Eu tive um pássaro de prata

“Eu tive um pássaro de prata…

Seguia rotas sem fim

– sem dar conta das horas, das distâncias –

para longe de mim.”

 

Álvaro Feijó, in “Os Poemas de Álvaro Feijó”, 3.ª Ed. 1978